terça-feira, 25 de julho de 2017

Eu preciso fazer dieta antes de operar?


A minha resposta é sim!

Todos os pacientes que vão fazer a cirurgia bariátrica necessitam de uma alimentação mais equilibrada para fazer uma recuperação dos parâmetros deficitários pré-operatórios.

É importante lembrar que, em média, 30 a 60% dos pacientes apresentam alguma deficiência nutricional antes da cirurgia  não é porque você está pesado que tem nutrientes sobrando. Quando estamos acima do peso, normalmente ingerimos alimentos com baixa qualidade nutricional e com alta densidade calórica. Isso faz com que a gente tenha ou apresente deficiências nutricionais, então é importante que você faça uma alimentação de boa qualidade antes de operar para fazer uma recuperação nutricional pré-operatório.

Também é importante usar um complexo vitamínico antes da cirurgia para deixar os estoques todos ok, já que no pós-operatório nos teremos uma desnutrição forçada por conta da cirurgia e da dieta orientada, que vai apresentar algumas carências nutricionais então, por isso, os estoques nutricionais pré-operatórios devem estar completos. 

É necessário falar que a perda de peso pré-operatória é de extrema importância, primeiro que, quanto mais leve o paciente estiver, melhor a cicatrização, melhor o tempo de cirurgia, menor o tempo de internação, de riscos de trombose e menores os riscos gerais no ato cirúrgico.

Sem dizer que se você estará se tratando previamente e o engajamento do seu grupo familiar vai ser maior, que facilitará que você tenha uma mudança muito brusca no dia a dia após a cirurgia. 

Pra com que você consiga fazer estas mudanças alimentares pré-operatório e não sofra com mais um tratamento em vão, que só lhe causará ansiedade e baixa auto-estima, procure um nutricionista especialista em cirurgia bariátrica para lhe auxiliar no pré e no pós-operatório.


Procure sempre um nutricionista especialista em cirurgia bariátrica.

Dr. Gabriel Cairo Nunes
Nutrição para emagrecimento adulto e infantil, balão gástrico e cirurgia bariátrica.
Autor do livro "O Balão que Emagrece"

Consultório
Avenida Paulista, 1636, conj. 810, São Paulo, SP.
Contato: (11) 2348-4310
WhatsApp: (11) 96435-4350
www.gabrielcaironunes.com.br

terça-feira, 18 de julho de 2017

Por quanto tempo eu terei que tomar vitaminas?




No pós-operatório, em todos os métodos cirúrgicos, o paciente vai ser orientado a tomar um complexo vitamínico, porque sua ingestão estará reduzida e, em algumas técnicas cirúrgicas, a absorção também. 

Se o paciente faz uma alimentação extremamente rica em nutrientes, consegue fazer o volume adequado de nutrientes pode até ser que após 2 anos ou 3 anos de cirurgia, ele possa ficar sem o uso do complexo vitamínico, mas é importante lembrar que são raros os pacientes que conseguem permanecer com uma alimentação tão equilibrada desta maneira. 

Por outro lado, a maioria dos pacientes, mesmo fazendo uma alimentação de boa qualidade nutricional e de boa quantidade, vão apresentar carências nutricionais e, por esta razão, nós orientamos a todos os pacientes que fizeram a cirurgia para obesidade, que mantenham o uso de um complexo vitamínico todo o resto de sua vida, evitando algumas carências mais importantes como osteoporose, anemias, deficiências de complexo B que podem fazer comprometimento muscular, entre outras tantas deficiências nutricionais já faladas em textos anteriores. 

Por isso que a gente orienta que o paciente operado procure sempre um nutricionista especialista em cirurgia da obesidade para fazer a manutenção da perda do peso e do controle nutricional, evitando carências e uma boa saúde para o resto da sua vida.

Procure sempre um nutricionista especialista em cirurgia bariátrica.

Dr. Gabriel Cairo Nunes
Nutrição para emagrecimento adulto e infantil, balão gástrico e cirurgia bariátrica.
Autor do livro "O Balão que Emagrece"

Consultório
Avenida Paulista, 1636, conj. 810, São Paulo, SP.
Contato: (11) 2348-4310
WhatsApp: (11) 96435-4350
www.gabrielcaironunes.com.br


sexta-feira, 14 de julho de 2017

Como será minha dieta no pós operatório?

Essa é uma pergunta muito bacana, pois a maioria das pessoas fica bastante preocupada com o que vão comer no pós-operatório. 

Confira abaixo como será a rotina dietética no após a cirurgia:


É sabido que você vai seguir uma dieta líquida muito reduzida nas primeiras duas semanas após a realização da cirurgia, e se você estiver se sentindo bem, o nutricionista vai lhe orientar a seguir uma dieta pastosa por mais uns 10 à 15 dias, totalizando 1 mês de cirurgia. 

Essa dieta pastosa, normalmente, já é orientada a suplementação proteica e a suplementação vitamínica para evitar carências nutricionais e, dentro de 1 mês, você vai estar apto a fazer uma alimentação de consistência mais normal, em alguns casos uma consistência mais amolecida, em outros casos uma consistência normal mesmo, apenas tomando conta da porção que você irá ingerir e da mastigação. 

Até o 4º mês da cirurgia é comum os pacientes apresentarem intolerâncias alimentares, medo de comer um alimento ou outro, porque ainda não aprenderam a mastigar, ainda não aprenderam a deglutir da forma mais correta que o novo estômago pede, então até o 4º mês a gente observa que os pacientes tem receio de fazer a ingestão alimentar de alimentos convencionais, mas que após esse período,um Gap entre 4 a 8 meses, os pacientes começam a arriscar e começam a fazer o uso de alimentos que faziam parte da rotina anterior a cirurgia.

Se o paciente fizer o uso destes alimentos, em uma porção adequada e com uma boa mastigação, provavelmente ele não vai apresentar nenhum problema quando fizer a ingestão destes alimentos.

Agora, se o paciente fizer o consumo de uma grande quantidade de açúcar é provável que ele tenha a Síndrome de Dumping, que são algumas manifestações que ocorrem após o consumo de alimentos mais açucarados. 

Esse é o único nutriente que a gente observa que os pacientes se queixam no pós operatório entre todos os outros alimentos.

Os pacientes voltam sim a fazer o uso regular, porém em porções reduzidas com boa mastigação sem grandes queixas.

Procure sempre um nutricionista especialista em cirurgia bariátrica.

Dr. Gabriel Cairo Nunes
Nutrição para emagrecimento adulto e infantil, balão gástrico e cirurgia bariátrica.
Autor do livro "O Balão que Emagrece"

Consultório
Avenida Paulista, 1636, conj. 810, São Paulo, SP.
Contato: (11) 2348-4310
WhatsApp: (11) 96435-4350
www.gabrielcaironunes.com.br

terça-feira, 11 de julho de 2017

Posso emagrecer mais do que eu quero após a cirurgia bariátrica?



Essa é uma pergunta muito interessante.

Sim, é possível. Sabemos que alguns pacientes vão apresentar intolerâncias alimentares, vão comer alguns alimentos que vão demorar para sair do estômago, que causam um pouco de refluxo, náuseas, aquela sensação de distensão gástrica e por isso, os pacientes acabam ingerindo menor quantidade alimentar.

Em outros casos, mais raros, sabemos que alguns pacientes vão apresentar estenose do esôfago, ou estenose do novo estômago, fazendo com que nem todos os alimentos lhe caiam bem neste novo estômago,  causando vômitos. Nesses casos - tanto quando os pacientes possuem intolerâncias alimentares, quanto os pacientes possuem casos de complicações como estenose -, se o paciente estiver seguindo as orientações nutricionais, o nutricionista consegue orientá-lo de uma forma que estabilize a perda de peso.

Por outro lado é comum observarmos nos pacientes que tenham intolerâncias alimentares ou estenoses, que eles não voltaram com o nutricionista e, por esta razão, acabam fazendo uma desnutrição específica de algum nutriente, ou uma desnutrição calórica geral e acabam perdendo mais peso do que queriam, o quer acarreta naquele aspecto mais adoentado.

Eles apenas retornam ao nutricionista quando já estão com uma desnutrição muito severa. Então, essas complicações são mais comuns até um ano após a realização da cirurgia, que é justamente quando deveriam estar mensalmente em consulta com o nutricionista.

Neste caso, se o paciente estiver perdendo peso mais rápido do que gostaria ou do que você esperava, procure um nutricionista especialista em cirurgia bariátrica para lhe auxiliar nesta conduta.

Procure sempre um nutricionista especialista em cirurgia bariátrica.

Dr. Gabriel Cairo Nunes
Nutrição para emagrecimento adulto e infantil, balão gástrico e cirurgia bariátrica.
Autor do livro "O Balão que Emagrece"

Consultório
Avenida Paulista, 1636, conj. 810, São Paulo, SP.
Contato: (11) 2348-4310
WhatsApp: (11) 96435-4350
www.gabrielcaironunes.com.br


domingo, 9 de julho de 2017

Receitas Light: pizza com massa de brócolis

Atendendo a pedidos, segue abaixo a receita da pizza com massa de brócolis que postei no Instagram - @gabrielcaironunes


INGREDIENTES

1 brócolis
2 ovos
½ xícara de queijo parmesão ralado
¼ de xícara de queijo muçarela + 1 xícara de queijo muçarela
½ xícara de passata* de tomate
1 tomate cortado em rodelas
Azeitona preta a gosto
Orégano a gosto
Sal a gosto

E vamos cozinhar...

Cozinhar o brócolis em água fervente por 4 minutos. Reservar por 20 minutos para esfriar.
Triturar o brócolis frio no processador.
Dispor o brócolis triturado em uma tigela.
Juntar os ovos, o queijo parmesão, o queijo muçarela e uma pitada de sal.
Misturar bem.
Dispor em uma forma antiaderente e assar em forno preaquecido 180 graus por 20 minutos.
Retirar do forno, dispor a passata de tomate, cobrir com o restante de queijo muçarela, dispor as fatias de tomate, as azeitonas e o orégano.
Retornar ao forno por mais 15 minutos.

*a passata de tomates, é a polpa de tomate cozida, sem a pele ou sementes. Não possui conservantes nem temperos. Você pode usar a passata quando quiser preparar um molho caseiro e não encontrar tomates maduros de qualidade. Você adiciona os seus temperos e o molho fica do seu jeito.

Fonte: Tastemade

Procure sempre um nutricionista especialista em cirurgia bariátrica.

Dr. Gabriel Cairo Nunes
Nutrição para emagrecimento adulto e infantil, balão gástrico e cirurgia bariátrica.
Autor do livro "O Balão que Emagrece"

Consultório
Avenida Paulista, 1636, conj. 810, São Paulo, SP.
Contato: (11) 2348-4310
WhatsApp: (11) 96435-4350
www.gabrielcaironunes.com.br

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Existe um número mínimo de consultas para receber o laudo para fazer a cirurgia bariátrica?

Uma dúvida recorrente dos pacientes no pré operatório é o laudo do nutricionista autorizando a cirurgia bariátrica.


- Não, não existe. Esse número de consultas, na verdade, não existe uma quantidade fixa. 

Cada indivíduo vem com uma especificidade, então é comum nós observarmos pacientes que necessitem de um apoio maior no pré operatório, mas também é normal termos pacientes que vem para a consulta já muito decididos e prontos, logo vemos que 1 ou 2 vezes o doente antes da realização da cirurgia. Normalmente, sempre acompanhado com alguém da família que vá ajudar neste processo do pós operatório. 

O que precisamos para liberar um paciente para a cirurgia bariátrica é que ele esteja ciente das mudanças que vai necessitar passar para evitar carências nutricionais e o reganho de peso após a cirurgia, o comprometimento que vai precisar ter e retornos com o nutricionista e a equipe, para a manutenção da sua saúde.

É importante que, nas consultas, os familiares estejam presentes, que irão fazer com que o paciente, além de possuir uma ingestão menor de alimentos associado a uma baixa absorção, tenha também um ambiente de melhor qualidade nutricional, facilitando a mudança do estilo de vida, sem que haja tentações rondando o operado.

Procure sempre um nutricionista especialista em cirurgia bariátrica.

Dr. Gabriel Cairo Nunes
Nutrição para emagrecimento adulto e infantil, balão gástrico e cirurgia bariátrica.
Autor do livro "O Balão que Emagrece"

Consultório
Avenida Paulista, 1636, conj. 810, São Paulo, SP.
Contato: (11) 2348-4310
WhatsApp: (11) 96435-4350
www.gabrielcaironunes.com.br

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Por quanto tempo eu preciso passar no nutricionista após fazer a cirurgia bariátrica?




 Bom, cada clínica possui o seu próprio esquema de acompanhamento após a cirurgia. Mas o que a sociedade - tanto a Brasileira como a Americana de cirurgia bariátrica - orienta que o paciente continue em consulta por todo o tempo após a realização da cirurgia bariátrica. 

Claro que, até os primeiros dois anos da realização da cirurgia, que é aquela fase que chamamos de "lua de mel", na qual o paciente perde a maior quantidade de peso, tem as liberações hormonais pra saciedade mais exacerbadas e cujo paciente possui as maiores chances de mudanças do seu estilo de vida, o nutricionista consegue trabalhar de forma mais eficiente.

Portante, durante os dois primeiros anos após a cirurgia bariátrica é importante que o paciente se consulte, pelo menos, a cada dois meses com o nutricionista, para facilitar a mudança do hábito alimentar. 

Após os dois anos da cirurgia, o que orientamos é que o paciente venha pelo menos duas vezes ao ano para fazer a manutenção da perda do peso e correção das carências nutricionais. 

É extremamente comum pacientes que fazem cirurgia bariátrica, mesmo comendo alimentos de boa qualidade, com uma boa quantidade e usando os complexos vitamínicos, que ele apresente uma deficiência nutricional, como baixa  ingestão de cálcio, ferro, vitamina B e zinco, que fazendo com que ele desenvolva uma carência com danos a saúde. Para que isto não aconteça, o ideal é se consultar a cada dois meses durante os dois primeiros anos após a cirurgia e , após este período, fazer a manutenção duas vezes ao ano para evitar reganho de peso.

Procure sempre um nutricionista especialista em cirurgia bariátrica.

Dr. Gabriel Cairo Nunes
Nutrição para emagrecimento adulto e infantil, balão gástrico e cirurgia bariátrica.
Autor do livro "O Balão que Emagrece"

Consultório
Avenida Paulista, 1636, conj. 810, São Paulo, SP.
Contato: (11) 2348-4310 
WhatsApp: (11) 96435-4350
www.gabrielcaironunes.com.br